Urgência obstétrica

Urgência obstétrica

Hospital de Santarém retomou hoje o atendimento a grávidas urgentes.

O Serviço de Urgência de Obstetrícia do Hospital de Santarém (HDS) está hoje a funcionar normalmente, já que os testes ao SARS-Cov-2 realizados domingo a 90 profissionais, incluindo sete anestesistas que tinham estado em contacto com uma colega infetada, tiveram resultado negativo.

A Presidente do Conselho de Administração HDS, Ana Infante, disse hoje à Lusa que «o pior cenário não se concretizou», pois os resultados dos testes realizados no domingo deram todos negativo.

O hospital anunciou no domingo, dia 25 de outubro, ter solicitado ao Centro de Orientação de Doentes Urgentes (CODU) o encaminhamento de grávidas urgentes para outros hospitais, por, no sábado, ter sido conhecido o resultado positivo do teste realizado a uma médica anestesista.

Ana Infante afirmou que, tendo os testes tido resultado negativo, os sete anestesistas que tinham sido colocados em isolamento podem regressar ao trabalho, permitindo que se realizem as cirurgias programadas.

Sublinhando que a Urgência cirúrgica nunca esteve em causa, a responsável do HDS frisou que, no domingo, a situação apenas se colocou com a Urgência obstétrica, por não ter sido possível, no imediato, arranjar uma anestesista substituta.

«Neste momento, a situação voltou à normalidade», declarou.

Ana Infante afirmou que, na sequência do surto iniciado há uma semana no serviço de Medicina Não-Covid, o HDS tem neste momento 45 profissionais infetados e 64 em isolamento.

Esta semana começam a regressar os profissionais que, «ou já fizeram os dez dias de doença e já estão curados, ou os 14 dias de quarentena», revelou ainda a responsável.

Visite:

HDS > Ginecologia / Obstetrícia

Publicado em 27-10-2020

Fonte: https://www.sns.gov.pt/noticias/2020/10/26/hds-urgencia-obstetrica/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=hds-urgencia-obstetrica

Notícias Recentes