SNS | Vencedores Prémio Saúde HINTT

SNS | Vencedores Prémio Saúde HINTT

IPO Coimbra e SPMS com projetos vencedores na 4.ª edição do galardão.

O Serviço Nacional de Saúde (SNS) tem dois projetos vencedores e três entidades entre as soluções finalistas da edição de 2020 do Prémio HINTT – Maturidade Digital, que visa reconhecer e divulgar as melhores práticas de adoção das tecnologias de informação e comunicação na área da saúde. Os vencedores foram conhecidos ontem, dia 1 de outubro.

O Instituto Português de Oncologia de Coimbra Francisco Gentil (IPO de Coimbra) venceu na categoria Segurança do Paciente, com o projeto «Oncommunities», dirigido a doentes com cancro da mama e profissionais de saúde.

Em declarações à agência Lusa, a Presidente do IPO de Coimbra, Margarida Ornelas, explicou que se trata de um programa inovador baseado numa «comunidade online», que tem como principal foco a reabilitação física e psicossocial” de doentes com cancro da mama.

«É uma aplicação que permite o acesso a doentes de cancro do primeiro ano de diagnóstico a quatro níveis de cuidados de saúde: triagem e monitorização, orientação, rede social privada para os doentes comunicarem com os profissionais de saúde e acompanhamento intensivo», adiantou.

Segundo Margarida Ornelas, o projeto caracteriza-se por uma «grande segurança e proximidade» com os doentes, que podem esclarecer dúvidas em cerca de 30 minutos com os profissionais de saúde, evitando deslocações.

A Diretora Clínica, Ana Pais, acrescentou que a aplicação é «muito intuitiva e gráfica» e permite às doentes «reportarem sintomas da doença, serem orientadas para informações mais técnicas e receberem apoio psicossocial».

«É muito gratificante para nós termos sido distinguidos entre 10 projetos finalistas, que eram todos muito bons», sublinhou.

O projeto «Oncommunities» foi desenvolvido em parceria com o Instituto Pedro Nunes e o Instituto Catalão de Oncologia, no qual teve início. Neste momento acompanha 84 doentes, mas até ao final do ano deve aumentar para uma centena.

A equipa que desenvolve o projeto, que está no segundo ano de vigência, é constituída por seis elementos, entre médicos, enfermeiros e psicólogos.

De acordo com o IPO de Coimbra, foi apresentada uma candidatura à Fundação La Caixa para obter financiamento que permita dar continuidade Oncommunities nos próximos anos e alargá-lo a outras patologias.

Por sua vez, na categoria Clinical Outcomes Medidas de promoção e avaliação dos resultados em saúde, o vencedor foi a solução desenvolvida pela SPMS- Serviços Partilhados do Ministério da Saúde, com o projeto «Nudge Digital – Redução da sobreprescrição de antibióticos», que consiste na melhoria de processos terapêuticos, objetivando a transformação digital dos sistemas de saúde portugueses articulada com a aplicação das melhores práticas de investigação em ciência de dados.

Entre as várias as entidades que estiveram a concurso, e que ficaram entre as 10 soluções finalistas, destacam-se o Centro Hospitalar Universitário São João; o Centro Hospitalar Vila Nova de Gaia e Espinho e o Instituto Nacional de Emergência Médica

Promovido pela multinacional Glintt, o Prémio HINTT – Maturidade Digital, pretende reconhecer e divulgar as melhores práticas de adoção das tecnologias de informação e comunicação com vista à aproximação de um ambiente «sem papel» conducente a ganhos relevantes para a segurança do doente, apoio à decisão clínica e eficiência global.

Para saber mais, consulte: Prémio HINTT – https://hintt.glintt.com/IPO Coimbra > NotíciasSPMS > NotíciasINEM > Notícias

Publicado em 03-10-2020

Fonte: https://www.sns.gov.pt/noticias/2020/10/02/sns-vencedores-premios-saude-hintt/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=sns-vencedores-premios-saude-hintt

Notícias Recentes