SNS | Investimentos no Algarve

SNS | Investimentos no Algarve

António Sales inaugura novo angiógrafo no Centro Hospitalar do Algarve.

“Estamos a instalar uma resposta de vanguarda, para tratamento de AVC, radiologia de intervenção, neurocirurgia, cirurgia vascular e gastrenterologia”, afirmou o Secretário de Estado Adjunto e da Saúde, ao inaugurar o novo angiógrafo biplanar, instalado no Centro Hospitalar e Universitário do Algarve (CHUA), em Faro. António Lacerda Sales salientou que a “instalação deste angiógrafo passa a permitir tratar doentes com AVC e patologia de neurocirurgia no Algarve”, sem necessidade de transferência para outras regiões, contribuindo para “o conforto e para a recuperação e qualidade de vida dos doentes”.O novo equipamento está a funcionar desde o dia 14 de abril, resulta de um investimento de 1 milhão de euros, cofinanciado pela CCDR, e melhora os cuidados de saúde prestados aos doentes, a segurança e a capacidade de recuperação, com consequentes ganhos em saúde.

Centro de Procriação Medicamente Assistida do Algarve e Consulta de identidade e diversidade de género O Secretário de Estado da Saúde visitou também o espaço do futuro centro de Procriação Medicamente Assistida (PMA) do Algarve, o 10.º centro a nível nacional, salientado que “esta é uma medida promotora de igualdade e, sobretudo, equidade geográfica e justiça social”, para todos os cidadãos que recorrem a esta técnica e que ambicionam concretizar um projeto parental. O novo centro resulta de um investimento de cerca de 600 mil euros, estado a decorrer o concurso para aquisição de equipamento. O CHUA conta já com um conjunto de profissionais que garantirão a resposta adequada e que melhor servirá os utentes. “A promoção do acesso a técnicas de PMA no SNS é uma política pública determinante para garantia dos direitos sexuais e reprodutivos dos cidadãos”, recordou António Sales, salientando que “o Ministério da Saúde pediu aos 9 centros atualmente em funcionamento para aumentarem a produção, dentro do SNS, tendo em conta a capacidade atualmente instalada”.

O governante ficou também a conhecer o projeto da nova consulta multidisciplinar de identidade e diversidade de género, “uma área de grande complexidade, que existe tempos próprios de tratamento e que implica um processo moroso na formação de especialista”, salientou, acrescentando que “esta é uma equipa constituída por profissionais de Psicologia, Psiquiatria, Endocrinologia, Urologia, Ginecologia e Pediatria”.

A primeira unidade similar no país abriu em janeiro 2021, em Coimbra, encontrando-se atualmente também a funcionar uma Consulta Multidisciplinar Transgénero e Medicina Sexual no Hospital Santo António, no Porto.

Lacerda Sales teve oportunidade de visitar ainda o andamento das obras dos Cuidados Intermédias da Unidade de Cuidados Intensivos e AVC, um investimento superior a 700 mil euros e que conferirá ao CHUA abrir mais 8 camas de AVC e 5 camas de cuidados intermédios, que poderão ser convertidas em camas de cuidados intensivosNa sua intervenção, o governante destacou que os investimentos realizados no Algarve “são a prova que o SNS foi e é a garantia do direito fundamental de todos os cidadãos à proteção da saúde, independentemente da condição social, da situação económica, ou da localização geográfica de cada um”.

Publicado em 11-06-2022

Fonte: https://www.sns.gov.pt/noticias/2022/06/10/sns-investimentos-no-algarve/

Notícias Recentes