Redução de 10% de açúcar nas bebidas

Redução de 10% de açúcar nas bebidas

Indústria de refrigerantes compromete-se com nova redução de açúcar nas bebidas.

A UNESDA – Soft Drinks Europe, que representa a indústria de bebidas refrigerantes na Europa, anunciou hoje um novo compromisso de reduzir em mais de 10% a média de açúcares adicionados em bebidas refrigerantes, entre 2019-2025, em toda a União Europeia e no Reino Unido. Isso representará uma redução geral de 33% na média de açúcares adicionados nas últimas duas décadas, com base nas metas anteriores de redução de açúcar que a indústria alcançou de 2015 a 2019 (redução média de 14,6%) e de 2000 a 2015 (redução média de 13,3%).

A PROBEB – Associação Portuguesa das Bebidas Refrescantes Não Alcoólicas, enquanto membro da UNESDA, tem desenvolvido a sua atuação em linha com estes objetivos apoiada pela indústria de refrigerantes que, em Portugal, reconhece que tem um papel a desempenhar, razão pela qual assumiu um papel de liderança na redução de açúcar e calorias e tem procurado ir além dos objetivos definidos a nível europeu.

A PROBEB assumiu perante o Ministério da Saúde o compromisso de reduzir em 25% o teor calórico dos refrigerantes entre 2013 e 2020. “Entre 2013 e 2019 foi alcançada uma redução de 30,5%”, é referido no comunicado.

A indústria de refrigerantes reafirmou que cumprirá o novo compromisso continuando a adotar “uma ampla gama de ações”, incluindo a reformulação de receitas para reduzir os açúcares e manter o sabor.

 

Publicado em 30-06-2021

Fonte: https://www.sns.gov.pt/noticias/2021/06/29/reducao-de-10-de-acucar-nas-bebidas/

Notícias Recentes