Funcionamento das Maternidades do SNS

Funcionamento das Maternidades do SNS

Serviços da Região de Lisboa e Vale do Tejo estão todas a funcionar.

A Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT) recorda que todos os serviços de Ginecologia/Obstetrícia da Região estão a funcionar dentro da normalidade.

A ARSLVT recorda que poderão existir limitações em algumas unidades hospitalares. Isto significa que alguns hospitais, num determinado período do dia, poderão ativar o desvio de CODU/INEM, um mecanismo utilizado há anos na gestão da procura pelo SNS. Os hospitais que, por períodos transitórios, acionam o desvio de CODU mantêm a urgência externa a funcionar, dando resposta a quem lá se dirigir pelos seus meios. Neste caso, as grávidas transportadas pelo CODU/INEM serão encaminhadas para outras unidades da Região, as quais assegurarão a resposta e o funcionamento em rede.

Reafirma-se que a ARSLVT, hospitais da Região e o CODU/INEM mantêm estreita articulação para garantir o normal funcionamento das urgências das maternidades da Região, com toda a segurança. Caso haja necessidade de encaminhar utentes, as equipas hospitalares articulam com o CODU/INEM, no sentido de identificar a unidade que naquele momento tem melhor capacidade de resposta.

A ARSLVT agradece, mais uma vez, aos profissionais de saúde que vão assegurar a prestação de cuidados, pelo esforço adicional e apela à compreensão dos utentes, lamentando, desde já, os constrangimentos que, apesar de todos os meios disponibilizados, não foi possível ultrapassar.

17 de junho de 2022

Para saber mais, consulte:

ARSLVT > Notícias

 

Publicado em 18-06-2022

Fonte: https://www.sns.gov.pt/noticias/2022/06/17/funcionamento-em-rede-das-maternidades-do-sns-4/

Notícias Recentes