CHBM | Investimento

CHBM | Investimento

Serviço de Anatomia Patológica conta com dois novos equipamentos.

O Centro Hospitalar Barreiro Montijo (CHBM) adquiriu um Sistema de Patologia Digital e um novo Montador Automático de Lâminas para o Serviço de Anatomia Patológica, ao abrigo do Programa Operacional Lisboa 2020, com um investimento de aproximadamente 155 mil euros.

A Anatomia Patológica é a especialidade médica que procede à análise morfológica de órgãos, tecidos e células, tendo como objetivo o diagnóstico de lesões, com implicações no tratamento e no prognóstico das doenças, bem como na sua prevenção.

A aquisição de um scaner de lâminas possibilitará a digitalização das amostras do Serviço de Anatomia Patológica, aumentando a produtividade e permitindo o acesso à telemedicina, assim como dotando de maior qualidade os aportes do serviço à produção científica do CHBM. 

Por lado, o montador automático de lâminas tem como função a colocação de lamela em todas as lâminas de vidro para estudo histológico e citológico, possibilitando a sua observação microscópica. Este novo equipamento auxilia o técnico na função de montagem das lâminas, permitindo a automatização do processo e libertando este profissional para outras atividades. Contribui, ainda, no desenvolvimento de um fluxo contínuo e eficiente de produção.

Estes equipamentos foram adquiridos no âmbito da candidatura «Modernizar para Melhor Cuidar II», que em janeiro de 2019 autorizou a compra de um novo acelerador linear para o Serviço de Radioterapia.

Como se verificou uma poupança na aquisição deste equipamento, de cerca de 450 mil euros, foi ainda autorizada a compra de mais 20 equipamentos: uma central de monitorização e um ecógrafo para o Serviço de Cardiologia; um intensificador de imagem e quatro eletrobisturis com extratores de fumos para o Bloco Operatório; três histeroscópios para o Serviço de Ginecologia; três cistoscópios para o Serviço de Urologia; um videocolonoscópio, um videogastroscópio e três monitores de visualização de imagem endoscópica para a Unidade de Técnicas Endoacópicas; para além dos dois equipamentos adquiridos para o Serviço de Anatomia Patológica.

Em comunicado, o CHBM lembra que concluiu, com sucesso, as duas candidaturas submetidas anteriormente ao Programa Lisboa2020.

Em 2017 adquiriu 18 equipamentos, mais dois do que os previstos inicialmente, para os serviços de Anatomia Patológica, Bloco Operatório, Cardiologia, Oftalmologia, Gastrenterologia, Imagiologia, Pneumologia e Unidade de Cuidados Intensivos, num montante de 790 mil euros. Já em 2018 comprou 2 novos equipamentos para os serviços de Imagiologia e Ginecologia, o que representou um investimento de 149 mil euros.

Para saber mais, consulte:

CHBM > Notícias

Publicado em 11-11-2020

Fonte: https://www.sns.gov.pt/noticias/2020/11/10/chbm-investimento-2/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=chbm-investimento-2

Notícias Recentes