APN alerta para a necessidade de vacinar pessoas com menos de 50 anos

APN alerta para a necessidade de vacinar pessoas com menos de 50 anos

Associação Portuguesa de Neuromusculares (APN) alerta para o notório esquecimento e desvalorização dos doentes de risco, com menos de 50 anos, que não foram incluídos na 1.ª fase do Plano Nacional de Vacinação contra a covid-19. O objetivo é de que esta situação, ainda, possa ser repensada e lhes seja dada essa prioridade.

“Existem pessoas com menos de 50 anos, com doenças crónicas e raras, que deveriam estar incluídas na 1.ª fase de vacinação. Pela sua condição física foram consideradas frágeis e aconselhadas a estar em isolamento. Estão em casa, para sua própria proteção, há mais de 10 meses. Sem alternativas”, alerta o presidente da APN, Joaquim Brites

Na primeira fase de vacinação estão incluídas as pessoas com idade igual ou superior a 50 anos, com pelo menos uma das seguintes patologias: insuficiência cardíaca, doença coronária, insuficiência renal, doença pulmonar obstrutiva crónica ou doença respiratória crónica sob suporte ventilatório e/ou oxigenoterapia de longa duração.

Contudo, Joaquim Brites salienta que muitos dos doentes com menos de 50 anos, alguns até com uma esperança média de vida inferior, são “pessoas frágeis e ansiosas por alguma liberdade”. “Se são consideradas prioritárias para isolamento, também lhes deveria ter sido atribuída alguma prioridade no que respeita à vacinação”, conclui

 

Publicado em 13-02-2021

Fonte: https://evacinas.pt/covid-19/apn-alerta-para-a-necessidade-de-vacinar-pessoas-com-menos-de-50-anos/

Notícias Recentes